Conecte-se
Curta
Olá! Entre, ou cadastre-se
Horacio Junior
Consultor de Negócios da Stefanini – prestadora de serviço da Transpetro. Key User do modulo PS de (Project Sistem) do SAP e Key User do Modulo FM de Controle Orcamentário do SAP. Key User e desenvolvedor de todo sistema orçamentário (Hyperion) de Curto e Longo prazo da Transpetro, com forecast de Gastos, Receitas, DRE, Fluxos de Caixa e Balanço Patrimonial, responsável por toda avaliação econômica de projetos e elaboração de EVTEs, experiência comprovada de mais de 10 anos. Sócio Geral do Vasco desde 2012

Apertem os cintos, a Cruzada Vascaína enlouqueceu.

camisa-de-forca-louco

Em menos de 24 horas após o lançamento da candidatura do Alexandre Campello a Cruzada sofre as consequências de escolher um lado, de se posicionar. Na política é assim, tomar partido é se colocar como vidraça e isso não tem problema. Por mais injusta que ela possa ser, faz parte do processo democrático. Não será a inércia do conforto do sofá que mudará os rumos do Vasco. Os associados da Cruzada não estão na política para se omitir ou aguardar o “cavalo” vencedor. Queremos ser partícipes desse processo de mudança e pacificação do Vasco.

Esse texto se justifica pela grande quantidade de críticas, muitas delas preocupadas com a imagem do grupo, como pode a Cruzada se juntar a ex-vice-presidentes da gestão Dinamite? Mas já que estamos discutindo a imagem da Cruzada e da evidente estupidez dos seus associados, coloco alguns contrapontos pra quem se importar em dar pelo menos 2% de chance de estarem errados.

A imagem da Cruzada é irrelevante ao mal de mais 3 anos de Eurico. Ninguém ganha a eleição sem os ex-vice-presidentes e eu acredito que ninguém ganha sem o Julio e a Sempre Vasco também. O objetivo continua sendo juntar todos.

Mas o que garante que os erros da antiga administração não voltem a ocorrer? Existe um alinhamento programático diferente da gestão Dinamite. A Cruzada acredita que não se muda o clube mantendo as mesmas atitudes, fazendo a mesma coisa que sempre foi feita nos anos anteriores.

O Vasco precisa de um choque de gestão. Veja bem. Isso é um assunto técnico e não político. Estamos falando de gestão, governança, compliance, transparência, etc.

Fazer o que sempre foi feito no Vasco é permitir que a indicação política se sobreponha a técnica. É como colocar alguém de Humanas na área de Exatas e vice-versa. O choque de gestão e uma nova cultura, é mais imperativo do que o choque de pessoas. Nesse choque de gestão existe estratégia definida para todas as áreas do clube, com metas bem definidas para cada gestor. É assim que faremos diferente.

A Cruzada também resolveu revogar algumas dessas “verdades vascaínas” a respeito dos demais membros dos grupos de oposição.

Neste caso queremos ser diferente mesmo. Por que não exercitar aquela coisa que todo mundo repete de deixar as vaidades de lado e buscar a união dos grupos?

É válido lembrar que união é ampla. Não pode ser só com os amigos. O Vasco é uma casa coletiva, diferente da nossa onde só entra quem a gente quer. Não funciona dessa forma. Qual é a receita para se unir a pessoas envolvidas na política vascaína sem que algumas delas ganhe ou transmita a pecha de leproso conquistadas nas gestões anteriores?

Isso é outra coisa que precisa mudar no clube. O discurso maniqueísta é prática comum dos últimos anos. Rever essa cultura será muito saudável para a política do clube.

Enfim. Um beijo pra mãe de quem chegou até aqui. Continuo a disposição para quaisquer esclarecimentos necessários. E convido quem quiser de sentar na mesa e ver como é que está sendo costurado um projeto de gestão com os ex-vice-presidentes. Acho que muitos se surpreenderiam com o nível do debate e vascaínismo.

Dedico esse texto um tanto quanto improvisado a todos os amigos da Cruzada Vascaína, a todos os companheiros de chapa em especial os ex-vice-presidentes  e todos aqueles que enxergam nesse projeto uma solução viável para o nosso querido  Vasco.

Obrigado a todos pela confiança.

SOMOS VASCO!

Siga-nos no Twitter @cruzadavasco e no Facebook da Cruzada

Nota da Cruzada: Essa coluna é uma forma dos membros do nosso grupo e convidados interagirem com outros vascaínos e trocarem suas opiniões pessoais sobre os assuntos relacionados ao nosso Vasco. A voz oficial da Cruzada são as notas oficiais e opinativas publicadas no nosso site e que posteriormente são divulgadas em outros espaços democráticos vascaínos.

Saiba Quem Somos

Termos de Uso

Nenhum Comentário »

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *